Receita do Bolo Brigadeiro Que Aprendi Com A Minha Mãe

Hoje eu trago aqui a receita do Bolo Brigadeiro, um bolo que faz sempre o maior sucesso por onde ele passa. Se você estava procurando por essa receita, chegou ao lugar certo.

Como Fazer Bolo Brigadeiro

Essa receita aqui eu aprendi a fazer com a minha mãezinha, que Deus a tenha. Lá em caso, quando criança, esse era o nosso bolo favorito por causa do chocolate e porque ele é uma versão em bolo do famoso doce de brigadeiro que, no Rio Grande do Sul, é chamado de “negrinho”.

Para quem não sabe, o brigadeiro é um doce típico da culinária brasileira, presente em praticamente todas as festas de aniversário, sendo dos docinhos de festa mais populares.

Conta a história que o nome do doce seria uma homenagem ao brigadeiro Eduardo Gomes, de boa aparência e físico avantajado, que se candidatou às eleições presidenciais em 1946, pela UDN – União Democrática Nacional, com o curioso slogan “Vote no brigadeiro que é bonito e solteiro”.

O candidato tinha um clube de fãs que organizava festas para promover a sua candidatura. No Rio de Janeiro, mulheres da alta sociedade que apoiavam o brigadeiro começaram a vender o tal doce para arrecadar fundos para a campanha. Dizem que foi a socialite Heloísa Nabuco quem criou o docinho, ligeiramente diferente do doce que nós conhecemos, e o batizou de “brigadeiro” porque era o doce preferido do candidato.

Confira abaixo os ingredientes e o passo a passo para fazer esse delicioso Bolo Brigadeiro.

Ingredientes da massa

  • 3 ovos inteiros (clara e gema)
  • 1 colher (sopa) de óleo
  • 1 xícara (chá) de açúcar refinado ou açúcar cristal
  • 3 colheres (sopa) de cacau em pó 50% (pode ser 32%)
  • 150 ml de água morna
  • 1 e 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo.
  • 1 colher (sopa) bem cheia de fermento em pó

Ingredientes do Recheio

  • 1 lata de leite condensado
  • 1 caixinha de creme de leite
  • 4 colheres (sopa) de cacau 50% ou 32%

Ingredientes da Cobertura

  • 250 ml de chantilly bem gelado

Como Preparar a Massa

Coloque os ovos, o óleo, o açúcar, o cacau em pó e a água morna no liquidificador. Bata tudo por aproximadamente 5 minutos na potência alta até que todos os ingredientes fiquem bem misturados.

Passado esses 5 minutos, acrescente a farinha de trigo. No modo pulsar, bata os ingredientes até perceber que não ficou nenhum gruminho. Não bata muito, senão a massa fica bem densa.

A seguir, adicione o fermento e bata o liquidificador na posição pulsar apenas para misturar os ingredientes.

Se notar que ficou um pouquinho de farinha na parede interna do liquidificador, misture com a ajuda de uma espátula.

Pré aqueça o seu forno a 180° Celsius e transfira a mistura do liquidificador para uma forma  15×10 forrada untada e forrada com papel-manteiga.

Leve o bolo para assar por aproximadamente 40 minutos.

Como Preparar o Recheio

Coloque o leite condensado, o creme de leite e o cacau em pó numa panela. Se quiser, pode substituir por achocolatado, mas fique ciente que vai ficar mais doce.

Leve a panela ao fogo médio, sempre mexendo, até ferver. Não pare de mexer nem por um segundo, porque o brigadeiro tem que ficar bem cremoso.

Não pare de mexer porque chocolate é muito fácil de queimar. Mexa sem parar até o doce chegar ao ponto de brigadeiro.

A seguir, transfira o doce para uma tigela para resfriar até ficar em temperatura ambiente, para manter a cremosidade e o brilho do brigadeiro.

Cubra a tigela com plástico-filme bem rente ao doce para não criar aquela película.

Retire o bolo do forno e deixe também ele esfriando, até ficar em temperatura ambiente. Olha que lindo que ficou, gente!

Montagem do Bolo Brigadeiro

Depois que o bolo esfriou, vamos começar a montá-lo. Retire o bolo da forma com cuidado.

Retire o papel-manteiga que ficou no fundo do bolo para iniciar a montagem.

Retire o topo que fica na parte de cima do bolo porque às vezes ele cria uma camada que não é tão agradável para o gosto do cliente. Mas, se você gostar, você pode utilizar esse topo. Eu costumo usar essa parte do bolo para tomar café.

A seguir, divida o bolo ao meio, com a ajuda da faca, com bastante cuidado para não despedaçar.

E agora você vai começar a montagem, usando a mesma forma em que o bolo foi assado. Forre a forma com um plástico daqueles de congelar, do jeito que você está vendo na foto, e coloque primeiro a parte mais reta do bolo.

A seguir, regue a primeira metade do bolo com uma calda básica de água com achocolatado e umas gotinhas de essência de baunilha. Umedeça bem o bolo.

Com o brigadeiro já frio, chegou a hora de rechear o bolo. Vejam só que cremosidade, gente.

Coloque parte do brigadeiro no bolo, em pequenas colheradas.

A seguir, com a ajuda da colher, espalhe bem o recheio, para ele ficar bem lisinho e uniforme.

Agora, você vai colocar a outra camada do bolo. Se preferir, você pode dividir o bolo em quantas camadas quiser.

Regue novamente o bolo generosamente com a calda.

Feito isso, feche o saco plástico sobre o bolo e leve-o à geladeira por 6 horas para deixar o bolo bastante estruturado.

Como Preparar a Cobertura

Coloque na batedeira 250 ml de chantilly bem gelado

Bata até ficar aquele ponto bem firme de chantilly

A seguir, faça uma camada bem fininha de chantilly no bolo. Não tem problema se ficar meio tortinha, com falhas, porque você vai cobrir com um trabalho feito em bico de confeiteiro.

Passe o restante do chantilly para uma manga de confeitar e, com o bico folha 114 wilton, vá trabalhando a cobertura de baixo para cima, que o próprio bico de se encarrega do desenho. Se você está iniciando no mundo da confeitaria, faça esse trabalho com muita calma que tudo vai dar certo.

Feito todo o trabalhinho nas laterais do bolo, pegue uma espátula e retire o excesso de chantilly que ficou na parte de cima do bolo.

A seguir, com o bico 32 mago, faça uns caracóis na parte de cima do bolo, nas bordas. Se você tiver algum tipo de dificuldade de fazer esse tipo de trabalhinho, vai fazendo com calma que tudo se ajeita.

Para finalizar, cubra o bolo com granulado. Eu ainda coloquei um brigadeiro por cima, tipo a “cereja do bolo”.

Vejam como ficou lindo o bolo, gente.

Confira:

Carne Assada na Panela de Pressão

Hoje eu trago aqui uma receita que é um clássico dos almoços de família de norte a sul do Brasil. Na minha família, essa receita vem passando de geração em geração. Se você não conhece esse clássico, está na hora de aprender.

Carne Assada na Panela de Pressão

Com a moda das comidas gourmets, dos pratos super elaborados, às vezes acabamos esquecendo daquela comida “raiz”, como essa velha e boa carne preparada na panela de pressão.

Me lembro que, na minha infância, nas férias passadas na casa dos avós, essa carne suculenta na panela de pressão era um prato que não faltava nunca. Depois, lá em casa, minha mãe seguiu a tradição e eu acabei aprendendo. Foi pensando nisso que resolvi partilhar essa receita aqui com vocês.

Confira abaixo os ingredientes e o passo a passo para fazer essa deliciosa carne assada na panela de pressão!

Veja também: Filé à Chateaubriand

Veja também: Bacalhau à Zé do Pipo

Ingredientes

  • 1 kg de miolo de acém ou lagarto plano
  • 4 dentes de alho grandes amassados
  • 1 cebola grande picada
  • 2 folhas de louro
  • 2 colheres (sopa) de vinagre
  • 5 colheres (chá) de molho de shoyu
  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 1 xícara de água
  • 1 colheres (café) de cominho a gosto
  • 1 pitada de noz moscada
  • Pimenta branca moída na hora
  • Sal a gosto

O que fazer

Cortar o miolo do acém ou lagarto plano em cubos médios.

Colocar os cubos de carne em uma tigela, adicionar todos os temperos e misturar bem.

Amassar com as mãos os cubos de carne temperados para os temperos entranharem bem nas fibras da carne.

Deixar a carne marinando por pelo menos 30 minutos, dando umas massageadas na carne de tempos em tempos.

Levar a panela de pressão ao fogo alto com óleo.

Quando o óleo estiver quente, colocar a carne temperada e fritar um pouco para selar a carne, mexendo sempre.

Colocar a água e tampar a panela de pressão.

Cozinhar por cerca de 40 minutos e está pronta a sua deliciosa carne na panela de pressão.

Para acompanhar essa carne, você pode preparar batatas ou cenouras cozidas, um arroz branco soltinho e uma salada de tomate com alface.

Veja também: Picanha ao Forno com Sal Grosso

Molho de Tomate Caseiro

Muita gente é capaz de estar se perguntando: mas por que fazer um molho de tomate caseiro se dá para comprar o molho já pronto no supermercado? A resposta é simples: além de mais saudável, é muito mais gostoso!

Molho de Tomate Caseiro

Saber fazer um molho de tomate caseiro é um adicional para quem cozinha, pois é o tipo de molho que dá um toque especial a vários pratos diferentes da culinária italiana, como pizzas, espaguetes, sendo muito bom também para o cachorro-quente caseiro.

Para além de ser mais saudável, o molho de tomate caseiro pode ser incrementado com temperos naturais muito saborosos, como ervas aromáticas, coentro, pimenta-do-reino, etc.

Essa receita rende duas porções, mas você pode fazer em quantidades maiores e congelar o molho para ter sempre à disposição na hora que precisar.

Confira abaixo os ingredientes e o passo a passo para preparar esse delicioso molho de tomate caseiro. Ah, um detalhe importante: quando mais maduro o tomate, mais saboroso será o molho. Use de preferência o tomate italiano, que é especial para molhos.

Veja também: Molho à Bolonhesa

Veja também: Molho de Salsicha para Macarrão

Ingredientes

  • 1 kg de tomates
  • 1 cebola pequena picada
  • 1 cenoura inteira
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 ramo de manjericão
  • 2 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo

Lavar bem os tomates.

Fazera um pequeno corte em X na base dos tomates e os colocar em uma panela com água fervendo, com a água cobrindo totalmente os tomates.

Cozinhar por alguns minutos até a pele começar a soltar.

Retirar a pele e a “tampa” do tomate.

Bater os tomates no liquidificador até obter um molho homogêneo

Em uma panela, refogar o alho e a cebola no azeite até ficar com aquele dourado bonito.

Acrescentar o tomate já batido ao refogado e também a cenoura inteira ou em pedaços grandes.

OBS: a cenoura reduz a acidez do molho, deixando-o mais saboroso.

Levar ao fogo baixo por 20 minutos, mexendo de vez em quando, e cozinhar até obter um molho espesso.

Retirar a cenoura do molho e temperar com sal e a pimenta do reino a gosto.

Na hora de servir, acrescentar as folhas de manjericão fresco picadas

Veja também: Lasanha à Bolonhesa Tradicional

Pão de Alho Caseiro

As receitas aqui no blog são todas muito simples e fáceis de fazer, afinal, essa é a nossa proposta: satisfazer todos aqueles que gostas de comer coisas saborosas mas confeccionadas de maneira simples, o que é muito bom para quem não tem muita experiência nas lides culinárias.

Pão de Alho Caseiro

A receita que eu trago aqui é a do famoso pão com alho, um quitute que é sempre muito apreciado nos dias de churrasco. A combinação perfeita para acompanhar aquela cerveja gelada enquanto a carne está assando.

Para fazer esse pão com alho, será preciso primeiro fazer uma pasta com alho, requeijão, manteiga ou margarina, muçarela ralada ou picada e temperos como orégano com pimenta-do-reino.

Depois, para aquecer o pão e derreter o creme, você pode fazer o pão dentro do forno ou então na churrasqueira onde está assando o churrasco, em fogo indireto, ou seja, ao lado do braseiro ou no andar de cima da churrasqueira.

Por isso, se você está pensando em fazer um churrasco no domingão ou qualquer outro almoço especial, anote essa receita de pão com alho para você servir como entrada.

Depois dessa receita, você nunca mais vai comprar o pão de alho de supermercado.

Veja também: Bruschetta de Tomate

Veja também: Frango Assado com Farofa

Ingredientes

  • 10 pães franceses
  • 250 gramas de manteiga ou margarina – (caso usar margarina sem sal, adicionar o sal a seu gosto)
  • 1 colher de sopa de alho picado (2 colheres para um sabor mais acentuado). Quanto mais picado o alho, melhor será o resultado.
  • 200 gramas de requeijão cremoso
  • Uma pitada de pimenta do reino
  • Uma pitada de orégano
  • 50 gramas de muçarela ou queijo parmesão ralados
  • Sal a gosto

O que fazer

Colocar todos os ingredientes em um recipiente, mexendo com uma colher até obter uma pasta homogênea. Para rechear os pães, fazer cortes até quase o final (sem separá-los).

Abrir os sulcos e rechear com a pasta. Ao final, lambuzar a parte superior dos pães com a pasta para ela derreter sobre o pão.

Levar ao forno ou à churrasqueira em fogo indireto por cerca de 15 minutos.

Salpicar o orégano por cima dos pães antes de servir. Se preferir, salpicar antes de levar para assar. Servir quente.

Veja também: Escondidinho de Carne Seca

Bolo de Chocolate de Liquidificador

Bolo de chocolate é o mais amado bolo do povo brasileiro. Campeão de vendas e na preferência de adultos e crianças em qualquer época do ano, em qualquer cidade, presente nas melhores padarias e confeitarias.

Bolo de Chocolate de Liquidificador

A receita que eu trago aqui é a do bolo de chocolate feito no liquidificador que fica super fofo igual bolo de padaria. Para deixar o seu bolo fofo, aerado, existe um truque infalível: colocar amido de milho na massa. Não tem erro, seu bolo não vai abatumar, seja bolo de chocolate, de cenoura, seja que bolo for.

Eu usei para fazer esse bolo chocolate em pó. Mas, se você não tiver, pode usar o achocolatado. No vaso, em vez de 3 colheres de chocolate em pó, você coloca 6 colheres de achocolatado. E diminui o açúcar porque o achocolatado já vem com açúcar.

E, para facilitar sua vida, esse bolo é feito no liquidificador. Se você tiver batedeira, melhor. Mas, se não tiver, faz no liquidificador mesmo. O resultado é um bolo de chocolate super fofo como você nunca viu!

Para cobrir ou rechear seu bolo, que tal uma calda de chocolate ou um ganache caseiro de leite em pó?

Veja também: Calda de Chocolate para Bolo de Chocolate

Veja também: Ganache de Chocolate em Pó

Ingredientes

  • 2 ovos
  • 1 xícara de chá de leite
  • 1 xícara de chá de óleo
  • 3 colheres de sopa de chocolate em pó
  • 1 e 1/2 xícara de chá de farinha de trigo
  • 1/2 xícara de chá de amido de milho (maisena)
  • 1 e 1/2 xícara de chá de açúcar
  • 1 colher de sopa de fermento em pó

O que fazer

Colocar os ovos, o leite e o óleo no liquidificador.

Bater por 1 minuto, adicionar o chocolate em pó, o açúcar e a farinha de trigo.

Bater tudo por mais 2 minutos e despejar essa mistura numa tigela grande ou bacia.

Adicionar o fermento e o amido de milho.

Misturar delicadamente com a ajuda de um batedor de arame, até a mistura ficar bem homogênea.

Despejar essa massa numa forma untada e enfarinhada.

Levar para assar em forno pré aquecido 180º Celsius por aproximadamente 45 minutos.

Veja também: Pão de Ló de Chocolate

Chantilly com Chocolate

A cobertura mais básica da confeitaria é o chantilly. Todo mundo adora, mas poucos são os que sabem que é possível fazer um chantilly caseiro de chocolate para o recheio ou decoração de bolos, tortas e sobremesas.

Pessoalmente, eu considero o chantilly uma cobertura incrível para trabalhar, pela sua versatilidade comprovada, pois permite decorar de muitas maneiras os bolos e tortas. Por isso, é bom que você aprenda essa receita e guarde no seu caderninho, pois certamente você ainda vai utilizar muito.

Chantilly de Chocolate

O método para fazer o chantilly de chocolate é muito semelhante ao do chantininho, o chantilly com leite Ninho. Eu trouxe essa receita aqui hoje porque muita gente tem me pedido a receita do chantilly de chocolate com o chantilly normal de caixinha, já que o chantilly de chocolate propriamente dito é difícil de encontrar nos mercados mais periféricos.

Por isso eu ensino aqui tim-tim por tim-tim como fazer esse chantilly de chocolate, que fica com uma textura incrível para você usar nas suas receitas caseiras. Anote a receita que essa é uma receita para a vida toda.

Chantilly de Chocolate

Veja também: Mingau de Chocolate com Maisena

Veja também: Bolo de Chocolate sem Batedeira

Ingredientes

  • 200 ml de chantilly
  • 5 colheres (sopa) chocolate em pó

O que fazer

Colocar o chantilly na geladeira na véspera e, antes de usar, deixar por 30 minutos no freezer ou congelador.

Colocar o chantilly na batedeira, acrescentar o chocolate em pó e bater em velocidade média até ficar em ponto de pico.

E voilá. Está pronto o seu chantilly para ser utilizado do jeito que quiser. Enjoy it!

Veja também: Chocolate Quente com Conhaque

Veja também: Pavê de Biscoito Maisena com Cobertura de Chocolate

Veja também: Bolo de Cenoura com Calda de Chocolate

Veja também: Como Fazer Pipoca com Chocolate (com vídeo)

Bolo de Tangerina Simples

Hoje bateu aquela vontade de comer um bolo diferente, mas queria um bolo simples para comer no lanche da tarde. Então, encontrei no meu caderninho de receitas esse receita de bolo de tangerina super fofo para comer junto com o café.

Como é uma receita super fácil e rápida de fazer, fiz tudo num instante e em menos de 5 minutos a massa do bolo estava pronta. Enquanto eu arrumava a mesa para o lanche da tarde, o bolo assava.

Assim que o cheiro começou a se espalhar pela casa, o pessoal já veio para a cozinha à espera de saborear esse bolo delicioso. Todo mundo adorou o bolo e não ficou nenhum pedacinho para contar a história, de tão delicioso que estava.

Ah, é bom que as tangerinas estejam bem doces, pois aí o bolo vai ficar mais gostoso. Não tem erro, é só usar a quantidade certa que está na receita.

Bolo de Tangerina Simples

Rende 12 porções com aproximadamente 176 Kcal cada porção

Veja também: Torta de maracujá com bolacha maisena

Veja também: Bolo de pamonha cremoso

Ingredientes

  • 4 tangerinas médias (450g sem casca)
  • 2 ovos
  • 1 xícara de chá de óleo (240ml)
  • 2 xícaras de chá de açúcar (360g)
  • 2 xícaras de chá de farinha de trigo (280g)
  • 1 colher de sopa de fermento químico em pó (12g)

O que fazer

Descascar as tangerinas, retirar aquela parte branca que fica no miolo e retirar os caroços.

Colocar os ovos, o óleo, o açúcar e as tangerinas no liquidificador e bater tudo por cerca de 2 minutos.

Despejar essa mistura em uma tigela.

Adicionar a farinha de trigo aos poucos e ir mexendo com a ajuda de um fouet.

Por ultimo, adicionar o fermento em pó e mexer mais um pouco.

Despejar essa massa em uma forma (25) untada e enfarinhada e assar em forno pré aquecido a 180º Celsius por aproximadamente 40 minutos ou até dourar.

Veja também

Pudim Napolitano sem forno