Entenda porque é errado lavar o arroz antes de cozinhar

Desde sempre, somos acostumados a lavar o arroz antes de cozinhá-lo. Muita gente acha que é um verdadeiro absurdo não lavar o arroz antes do preparo. No entanto, especialistas alertam que lavar o arroz pode surtir um efeito negativo na hora de comer o arroz.

Segundo o nutricionista Breno Lozi, a lavagem do arroz antes de cozinhar é desnecessária porque o grão é um alimento seco, não sendo assim um veículo transitório que conduz bactérias e outros germes.

Como o arroz branco é refinado e polido, aquele pó branco ele ele solta não é sujeira ou resíduo de algum produto químico. “São partículas do próprio arroz que se soltam por causa do polimento e refino”, diz.

O nutricionista alerta ainda para o fato de que a lavagem do arroz antes do preparo pode fazer o grão perder nutrientes. “O ponto de ebulição da água no cozimento do arroz elimina qualquer micro-organismo que possa ser prejudicial à saúde do ser humano”.

No entanto, ao contrário do arroz branco, outros tipos de arroz precisam ser lavados antes do preparo, como é o caso do arroz parboilizado, que recebe banhos industriais como conservantes, aromatizantes e clarificantes antes de ser embalado.

No caso do arroz integral, lavar o arroz impactará menos os nutrientes, visto que os grãos continuam ainda embalados em sua casca protetora, o que faz com que não se percam tanto vitaminas e minerais na lavagem.

Nutrientes perdidos

Ferro, potássio, fósforo, magnésio e vitaminas B1, B2, B3 e B6 são nutrientes que podem ir para o ralo da pia se você lavar o arroz antes do cozimento.

Para uma melhor conservação do arroz cru, é recomendado guardá-lo em uma caixa hermeticamente fechada, em local seco e arejado.

Dicas para um arroz soltinho

A proporção ideal é de duas xícaras de água para uma de arroz. No entanto, como a água evapora durante o cozimento, o ideal é ter uma chaleira com água fervente para repor apenas o necessário da água evaporada.

Confira a nossa receita. Você vai precisar de:

  • 1 xícara (chá) de arroz
  • 2 xícaras (chá) de água
  • ½ cebola
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 folha de louro
  • ½ colher (chá) de sal

O que fazer

Descascar e picar fino a cebola. Numa chaleira, levar um pouco mais de 2 xícaras (chá) de água ao fogo baixo, até ferver.
Levar uma panela média ao fogo baixo. Quando aquecer, regar com o azeite e acrescentar a cebola. Temperar com uma pitada de sal e refogar por cerca de 2 minutos, até murchar. Juntar o louro e misturar bem.
Acrescentar o arroz e mexer bem para envolver todos os grãos com o azeite por cerca de 1 minuto – esse procedimento ajuda a deixar o arroz soltinho depois de cozido.
Medir 2 xícaras (chá) da água fervente e regar o arroz. Temperar com o sal, misturar bem e aumentar o fogo para médio. Não mexer mais.
Diminuir o fogo e tampar parcialmente a panela assim que a água atingir o mesmo nível do arroz. Deixar cozinhando até o arroz absorver toda a água. Desligar o fogo e deixar a panela tampada por 5 minutos antes de servir para os grãos terminarem de cozinhar no próprio vapor.